PONTO-de-VISTA

Não aprecio paródias sob pano-de-fundo músicas de terceiros, tal qual meu desapreço perante percepções de remessas de “convivas” com conteúdos de produções de outrem (‘anônimo’ ou ‘famoso’) à demonstração da nossa incapacidade e/ou medo de emitirmos próprias opiniões. Lamento minha franqueza, diga-se, necessária. Não tenhamos receio de eventuais ERROS, estes,…

PESO COM DUAS MEDIDAS

Tempo verbal (futuro-do-pretérito) nas publicações ou relatos midiáticos relativos a delitos — acaso investigados, inclusive flagrados, gente rica — utilizado “teria praticado” (burrice à parte), mas, se o indiciado pobre, diz-se “meliante”, ou “criminoso”, portanto, diferente de poderoso (financeiro, econômico etc.) delinquente, que, em fuga, considerado em local sigiloso, contrário ao pobre infrator,…

CHARLATANISMO PROMÍSCUO

CHARLATANISMO PROMÍSCUO

    Alardes de distribuição de “dádivas” ou “milagres” (préstimos transcendentais) intermediados por indivíduos auto-proclamados mensageiros de ordens Divinas — várias são as nomenclaturas  — endereçadas a carentes não apenas de médio-discernimento e vulneráveis por acometimento patológico — inclusive indigência — formam fileiras das vítimas de charlatões perniciosos — redundância inevitável…