B A L A N Ç O

B  A  L  A  N  Ç  O

B A L A N Ç O

Eis realidade nacional, 4 de cada 100 alunos têm conhecimento mínimo de Português, e, quanto à Matemática, menos de 2 estudantes por centena atingem suficiência básica de aprendizagem. A Catástrofe não é resultado apenas do desprezo criminoso Estatal (governos) em relação à Escola (instrução). A falta de suportes (recursos humano-intelectual e material) empurra, direta e indiretamente, a população (infantil, adolescente e adulta) para literal ignorância.
Analises de estudiosos formam lógica conclusão: não se apreende, principalmente conteúdo das duas mais importantes matérias escolares mencionadas, por simples desencontro entre si, ou seja, desconhecimento fundamental da Língua (leitura e interpretação) impede concepção (entendimento) de regras ou fórmulas aritméticas.
Há causas adicionais a esse desastroso cenário brasileiro, alguns às sombras (obscuros), mas, possíveis suas identificações, como as impositivas execuções musicais (“letras” etc.), portanto, agravantes dos efeitos destrutivos sociomorais, são opções (induzidas) por ignorância, e a má-atuação retórica de membros de instrumentos midiáticos, quase limitados à repetição de chavões (acaba, ao longo, segue) em todos sues pronunciamentos, ao que parece sincronizados, desestimulam conquista de conhecimento, e a partir dessa pregação fez-se regra geral perante contigente popular, lamentavelmente!
João S. Souza