E X P L O R A Ç Ã O

E X P L O R A Ç Ã O

DEPVAT, antes de 2016, exigido mediante “contratação” (anuência) obrigatória de proprietários de veículos automotores sob fixação de valores absurdos, cobrados da propriedade de motocicletas, inclusive de baixas cilindradas, excorchante valor R$300,00 (quase triplo dos automóveis).
A partir de 2017 os valores sofrem drásticas reduções, atualmente o seguro automotivo é R$5,23, significa, aritmeticamente, que o dito consórcio arrecadador da dinheirama em operação anos a fio e sob controle da seguradora Líder, a explorar, literal e impiedosamente, milhões dos compulsórios contribuintes de bilhões de reais.
Haverá integral reposição correspondente aos anos e quantias extraídas no formato extorsivo?

João S. Souza