EVOLUÍDA MEDIOCRIDADE

EVOLUÍDA MEDIOCRIDADE

“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar.” _(Nelson Mandela)._
Manifestação do gênero racista, objeto do “repreensivo” definição de Mandela, não me surpreende.  “Assevero’ ,em crônica, dentre as dezenas do  livro ‘Reflexo Cotidiano’ e, também, algumas das centenas do conteúdo miseraveis.com, a exemplo comportamental “tietagem” coletiva a criaturas de mídia, formam o chamando  senso comum, isso,  lá pela distante década de 1970, quando imaginei que as sucessivas gerações então vindouras evoluir-se-iam proporcionalmente a eventuais avanços tecnológico e científico — são fatos diários, correntes –, entretanto, real  contrariedade à outrora previsão.
João S. Souza