FALTAM JUÍZO, ou HÁ AMOR!/?

FALTAM JUÍZO, ou HÁ AMOR!/?

As agressões-físicas, principalmente violentas, promovidas por “macho” contra a sua própria “companheira” (delegada-de-polícia) e, também, ataques-físicos-brutais à “segurança” de clube, na cidade Três Corações-MG, são demonstrações de falta de juízo de quem convive (namoro, casamento, etc.) com indivíduos (masculino/feminino), conhecidos e demonstradamente, agressivos e/ou irracionais gratuitos (exclui-se legítima-defesa, repúdio moderado),porque convivência, mesmo entre irracionais, impõe exposições e, consequentemente, conhecimento de comportamental — personalidade — recíproco, pois, em geral, antes da via-de-fato (derramamento de sangue, inclusive), ator(es) expõe(m) prenúncio(s), ensaio(s), ou seja, (de)mostra(m) propensão à covardia (aproveitamento da/s fragilidade/s) em relação a outrem. João S. Souza