HIPOCRISIA DISTRAÍDA

HIPOCRISIA DISTRAÍDA

Mortos, também, os dois autores da chacina na escola em Suzano, dos quais um menor de idade, este, qualificado, publicamente, como assassino, que, acaso sobrevivesse, seria preservadas (ocultadas) suas imagem (rosto) e identidade, além de não citado como criminoso, ou seja, diria a mídia, com minuciosa cautela, “menor infrator”, isto em obediência ao Estatuto da Criança e do Adolescente.
Oportuno, ora, lembrança de situação similar — guardadas proporção e diferença — que, a bel-prazer, o mesmo instrumento midiático refere-se à espécie governantes terráqueos, muitas vezes, chamados de “ditadores”, enquanto noutras ocasiões esses elementos tratados (mencionados) como “líderes”, a exemplo os presidentes da Síria e Coreia do Norte, dentre muitos ocupantes de cargos de governos mundo a dentro.
João S. Souza