MORTOS DESASSISTIDOS

MORTOS DESASSISTIDOS

Governantes — infratores, instituídos gerentes ante à incauta gente — esparramados nesse quadrante verde e amarelo, praticam furto (peculato) e matam, impunemente, centenas, milhares — diário e mensalmente — não apenas indigentes (contribuintes, os abastecedores dos cofres saqueados), isso, tipicamente ocorrente perante “sábios” e inocentes, portanto, mistura de “quilates” que frequentam escola, ou literais analfabetos,sequer assimilam diferença entre certo e errado, e esse disparate n e g a à v i d a, cujo medida é irrisório ou nenhum preço a existir! João S. Souza