REPETECO

REPETECO

Povo brasileiro, influenciado, facilmente, ou melhor, deslumbrado por ondas e imagens transmitidas por rádio e tv, elegem, repetitivamente, esse e outros indivíduos como seus representantes, portanto, não há novidade no resultado, ou seja, gente sem escrúpulo em ambos lados, ou “tampa e balaio” (eleitores e eleitos).
Existe, também, nesse tabuleiro de damas, muitos que alugam
(contratam/compram), na obscuramente, horários de emissoras do sistema radiofônico e televisivo, e passam suas aparentes imagens de defensores de comunidades, como fizera um dos membros da tradicional (centenária) família de Minas, Andradas, há poucos meses antecedentes às eleições de 2018 ao se apresentar, semanalmente, na Rede Record como defensor e orientador dos direitos do consumidor. Assim, passado o período eleitoral, o indigitado jamais retomou sua exposição midiática na telinha-social.
João S. Souza