Mês: Março 2022 Page 1 of 2

“REPLAY”

TUPINIQUÊS MIDIÁTICO

MODELAÇÃO CONTÍNUA INFERIOR
“ACABOU… ACABA… ACABOU… ACABARAM…” (Juliana Rosa — Band News FM — 9:10h, 11/04);
“… ACABA… ACABOU…” (pronunciada 9 vezes, o pesquisador da Consultoria Tendências, Lucas, 26/4, durante 5 minutos); … ela (criança de 11 anos no sambódromo) ACABOU morrendo…” (repórter ‘Jornal Hoje’ Tv Globo, 26/4);
… ACABARAM morrendo (país do assino) … ACABOU …, ” o jovem (vítima de roubo em SP) ACABOU morrendo…” (a repórter Record News — 18:11h, e apresentador Rafael Gatti, 19:00h, respectivamente, 26/04/22). miseraveis.com

CONTUMAZ INVERSÃO BRASILEIRA

NÃO NOS ASSUSTEMOS ACASO JUÍZES, DELEGADOS, PROMOTORES e PROCURADORES PÚBLICOS QUE APURARAM e COMPROVARAM, INCLUSIVE DELAÇÕES E CONFISSÕES DE SURRUPIOS DOS BILHÕE$ DE COFRE$ DAS EMPRESAS e ORGÃOS ESTATAIS TRANSFORMADOS EM RÉUS e EVENTUALMENTE CONDENADOS E PRESOS:
“O ex-procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol disparou, nesta terça-feira 22, contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça de condená-lo a indenizar o ex-presidente Lula por danos morais no caso do PowerPoint.
A maioria da Quarta Turma da Corte acolheu parcialmente os argumentos do petista e fixou a indenização em 75 mil reais, mais correção monetária e juros. Dallagnol pode recorrer ao pleno do STJ.

‘Essa é a reação do sistema, nua e crua. Lula sai impune e nós pagamos o preço da corrupção’, escreveu o ex-procurador nas redes sociais. “Quem ainda neste país terá coragem de fazer seu trabalho de investigar e punir criminosos poderosos e informar à sociedade, depois dessa decisão do STJ de me condenar por ter apresentado o conteúdo da acusação à sociedade? Quem vai querer sofrer esse tipo de represália?”
Dallagnol ainda afirmou que “a Lava Jato acabou” e que “o combate à corrupção está virando cinzas”.
No processo, Lula pedia indenização de 1 milhão de reais devido à famosa entrevista concedida por Dallagnol em 2016 com o auxílio de um PowerPoint. Na ocasião, o então chefe da Lava Jato explicava uma denúncia contra o petista no caso do triplex do Guarujá (SP).
A defesa de Lula argumentava que, sob o pretexto de informar a apresentação de denúncia, Dallagnol praticou abuso de autoridade.”

SOLIDARIEDADE

Page 1 of 2

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén