“AUTOQUALIFICAÇÃO”

“AUTOQUALIFICAÇÃO”

Induvidoso inexistir alteração — tempo, propósito ou motivação — à afetação do meu âmago (interior e/ou existencial), que, acaso necessário, comprovar-se-á no dia 12 próximo por ocasião do lançamento do “REFLEXOS COTIDIANOS”, ao qual estarão, certamente, presentes muitas pessoas com as quais me relaciono, pessoal/social e/ou profissionalmente, há mais de meio século, inclusive o professor de Direito Civil, Dr. Joaquim Duque Filho (84 anos), a quem presto singela homenagem na página 109, além, claro, de outros prováveis partícipes, como o advogado Dr. João Honório Oliveira, (94 anos), estes citados, por exemplo, conhecem-me desde antes do meu ingresso no ambiente forense.
Concluo com “explicação” e auto-afirmação como ser-gente em constante perseguição ao necessário aprimoramento.
(texto acima originado na seguinte assertiva de colega: “percebo que tens mudado muito de uns tempos para cá. Estás mais ‘generoso’. Tenho, ou não, razão?”)
João S. Souza