CRUA REALIDADE NACIONAL

CRUA REALIDADE NACIONAL

Sentimentos gratidão e emoção cada fez provocados por qualquer razão vêm lembranças nominais de todos/todas meus/minhas professores/professoras desde o pré-primário (professor Itamar), bem como dos membros diretores e disciplinadores das Escolas as quais frequentei por, aproximadamente, 20 anos, independente da minha rápida passagem (dois anos e meio) no exercício “forçado” do magistério.
Observo, desapontado e tristemente nessas três últimas décadas, descalabro no ambiente de ensinamento
(instrução) ou educação — esta titulação ou denominação concebo-a desvirtuada –, âmbito geral, e a realidade expõe desencontro entre finalidade teórica e resultados fáticos.
Há dispêndio percapto muito mais vultoso, tanto no chamado ensino público quanto privado diferentemente de épocas anteriores não muito distantes, quando o aparato auxiliar
(acesso a informações etc.) difícil e trabalhoso ao seu alcance, que evidencia atual catástrofe, à geração do desequilibrio entre custo e benefício, amplo sentido.
João S. Souza