D Ú V I D A

D Ú V I D A

Toni Ramos, Fátima Bernardes, Angélica e Huk — garotos-propaganda e avalistas das produções de marcas Perdigão, Seara, Sadia — serão indenizados por dano moral ou indiciados por crimes de fraudes/adulterações dos seus produtos?
Avalizam a venda de falsas boas produções — encharcadas e estragadas — proteicas vencidas com adições nocivas, além da injeção de H2O, sequer comprovado filtragem ou potável do adiinado líquido!