“DOIS MAIS DOIS SÃO CINCO”

“DOIS MAIS DOIS SÃO CINCO”

MORALIDADE depende, particularmente, de cada BRASILEIRO?
Depende quem seja, eventualmente, agente sujeito a enquadramento: pobre, ou rico; branco, ou negro; instruído, ou canhestro; cargo/profissão; localização residencial; e observada, certamente, vinculação partidária — esta, descompromissada perante ideologia –, portanto, para o PoVo TuPiNiQuIm, quanto à moral, à ética, à democracia e à justiça são comparadas às peças-acessórias à composição de paramentos, porque concebidas a bel-prazer e atreladas à conformidade de interesses individuais atentos, momentaneamente, às próprias razões quase sempre cunhadas de desejos inconfessáveis, e pau que dá em Xico é desviado de Francisco!
João S. Souza