“NADA A DECLARAR”

“NADA A DECLARAR”

Observações (críticas) sobre descaminhos com proximidade à  REALIDADE do chamado invíduo-comum (povo), NÃO se inclui, eventualmente, interesses CAROS à “coletividade/sociedade”  representada, especialmente, vias  “comunicações eletrônicas”.
João S. Souza