NÃO por ACASO

NÃO por ACASO

Época retroativa, milenarmente, deuses a bel-prazer de reis e nobreza, igualmente à atualidade, que cada “mentor” de incautos personaliza dividade sob incontáveis rótulos aos atendimentos milagrosos de desejos (cura, fortuna, poder-politico-eleitoral etc.) sob ofertas (preços) variadas!
Nunca, antes, na história da ‘humanidade’, a Bíblia rendeu tanto aos exploradores (indutores) de fé!

João S. Souza